Notícia

E-commerce no Brasil supera expectativas

  • 01/08/2006
Os consumidores brasileiros movimentaram pela web 1,750 bilhÆo de reais nos seis primeiros meses deste ano. A quantia representa um crescimento de 79% em rela?Æo aos 974 milhäes de reais atingidos no mesmo per¡odo do ano passado e ? o equivalente ?s compras virtuais realizadas durante todo 2004. Os dados foram divulgados hoje pela e-bit e Camara-e.net.

De acordo com o presidente da e-bit, Pedro Guasti, esse crescimento se deve principalmente ao aumento do n£mero de pessoas que compram pela web, entrada da classe C no e-commerce, estabilidade da economia. ??A popula?Æo de baixa renda est  comprando computadores populares e t?m mais acesso ? internet por meio de quiosques no varejo ou mesmo em estabelecimentos p£blicos??, revela. Al?m disso, tradicionais lojas do varejo passaram a investir e apostar na web como um importante canal de vendas, como Pernambucanas e FNAC.

Manuel Mattos, presidente da Camara-e.net, acredita que a evolu?Æo do e-commerce ? resultado de uma s?rie de a?äes conjuntas. Para ele, a populariza?Æo do acesso por meio de banda larga e os esfor?os das institui?äes financeiras para levar seus clientes a utilizarem o internet banking ajudaram bastante.

Outro motivador para o crescimento do volume de produtos comercializados pela web foi a Copa do Mundo. S¢ para se ter uma id?ia, entre 29 de abril e 30 de junho, o e-commerce movimentou 690 milhäes de reais.

Em junho de 2001, os consumidores com renda familiar at? mil reais, representavam 6% das vendas na internet. J  os que possuem renda entre mil e tr?s mil reais, eram respons veis por 32% do com?rcio via web. Neste ano, esses valores chegaram a 8% e 37% respectivamente. A renda m?dia caiu de 4.014 para 3.683 reais. O mesmo aconteceu com o n¡vel de escolaridade. A participa?Æo de pessoas que tinham a gradua?Æo completa era de 33% em 2005 e passou para 31% neste ano.

As mulheres tamb?m estÆo fazendo a diferen?a no com?rcio eletr?nico. Segundo a pesquisa, as pessoas do sexo feminino fizeram 44% de todos os pedidos realizados na internet. No passo passado, esse n£mero chegava a 41%.

Houve, ainda, um aumento de 44% na base total de e-consumidores brasileiros. Hoje sÆo 5,75 milhäes de pessoas que j  realizaram pelo menos uma compra virtual, o que representa 18% do n£mero de usu rios de internet no Pa¡s.

A pesquisa apresentada hoje pela e-bit e Camara-e.net tamb?m demonstra algumas altera?äes no comportamento de consumo dos brasileiros. Os livros, jornais e revistas - que sempre ocuparam lugar de destaque nas vendas pela web - v?m perdendo espa?o para eletr?nicos e itens de inform tica e sÆo respons veis por 18,4% do que foi vendido nos seis primeiros meses deste ano. CDs, DVDs e V¡deos, que em 2005 representavam 22,2% das vendas, neste ano nÆo passaram de 14,3%. J  os eletr?nicos subiram de 12,9% para 14,3%, enquanto os bens de inform tica cresceram de 7,1% para 8,4%.

A previsÆo ? que o com?rcio eletr?nico no Brasil supere as expectativas e ultrapasse os 4 bilhäes de reais de faturamento em 2006, frente aos 2,5 bilhäes de reais obtidos no ano passado. Esse n£mero poderia chegar a 4,5 bilhäes de reais, mas as elei?äes em outubro devem deixar o e-commerce mais morno. O ticket m?dio deve permanecer na casa dos 300 reais e o n£mero de e-consumidores pode chegar a 6,8 milhäes ainda em 2006.

Por Eduardo Vasques

Sobre a W2 Websites

Somos uma agência web em São Paulo - SP especializada em Criação de Sites e Hospedagem de Sites entre outros serviços.


Conheça nossos serviços

Newsletter

Cadastre seu email e receba sempre informações sobre nossa empresa.



Facebook