Notícia

Comércio vê alta de 8% nas vendas

  • 11/10/2007

Lojistas comemoram procura por brinquedos e roupas; pais gastarão, em média, R$ 50

O movimento nas lojas de Curitiba às vésperas do Dia da Criança mostra que o comércio paranaense acertou na previsão de faturar 8% a mais com as vendas neste ano, na comparação com o ano passado. Segundo pesquisa da Associação Comercial do Paraná (ACP) feita com 8 mil associados, o gasto médio dos pais com os presentes deve ficar em R$ 50. Os comerciantes comemoram e afirmam que não diminuiu a procura por produtos da gigante Mattel, que anunciou um recolhimento de 850 mil brinquedos com defeito, em agosto, no país.

A gerente Elenir Souza Mello, da loja Xiquita da Rua Pedro Ivo, no centro de Curitiba, conta que não recebeu muitos produtos da Mattel, mas os que estavam à venda saíram bem. A procura por brinquedos foi grande nesta semana. "Ano passado já havia movimento maior desde o dia 1.º de outubro, mas não está pior nem melhor", disse, enquanto orientava um funcionário para tomar cuidado com ladrões. De acordo com ela, os brinquedos mais procurados são a boneca Lazy Town da Baby Brink (R$ 99), a Cozinha Maluquinha, (R$ 74,90), e o Fogão (R$ 56,90), ambos da Magic Toys. O sobrinho da estudante Leila Aparecida Grilo, André Vinícius da Rocha, fez questão de escolher seu presente, uma Pickup Combate da Plastilindo, que custa R$ 16,90. "Ah, ele que tem que escolher", disse, um pouco contrariada.

Na loja Brinkedo Legal, na Alameda Muricy, também no centro, a boneca Baby Junior, da Cotiplás (R$ 9,90), foi um sucesso de vendas. "Os brinquedos que estão na televisão, que têm comercial, vendem bem", disse a proprietária Adriana dos Santos. Segundo ela, o gasto médio está em R$ 30 e os produtos da Mattel continuam em alta, apesar do recall de 850 mil peças vendidas no Brasil neste ano. "Quem conhece sabe da qualidade e continua comprando. O que o pessoal está observando bastante é a indicação de faixa etária."

Brinquedos nacionais também atraíram a atenção dos clientes. A auxiliar de dentista Andréia Mitrut procurava um presente para sua sobrinha na Casa China da Rua XV de Novembro, e estava em dúvida entre duas bonecas (de R$ 26,90 e R$ 49,90). "Pretendo gastar no máximo R$ 50."

Roupas
Apesar de algumas lojas afirmarem que os brinquedos estão vendendo bem, a ACP estima que deve haver um estouro nas vendas de roupas por causa do recolhimento de produtos da Mattel. O aumento deve ser de 10% a 15% - no ano passado foi de 7%.

Lojas de departamentos aproveitaram o Dia da Criança para atrair clientes, como a C&A, que oferece pagamento em três vezes para quem adquirir três peças de roupa. O consumidor leva também um minigame ou um ursinho de pelúcia e pode ganhar ainda outro brinde, ao girar uma roleta. Se levar uma quarta peça, não paga a de menor preço. A Pernambucanas oferece um estojo "mágico" com imagens de princesas da Disney, um kit com personagens do filme Carros, da Disney/Pixar, ou um estojo "mágico" com temas de fadas, também da Disney.

A rede Livrarias Curitiba também aposta na data para aumentar as vendas em 10%. Diversos títulos estão com descontos, como o "Caça ao Tesouro" de Cecília Johansson e Kelly Mckain (por R$ 15,70) e o "Contos Clássicos" de Raquel Teles (R$ 45,00). Desde o dia 1.º do mês, todas as sete lojas estão distribuindo gratuitamente cartelas com tatuagens de personagens infantis. A promoção vai até o dia 15.

Internet - Gasto em lojas virtuais é maior

Levantamento da consultoria e-bit estima que as vendas pela internet devem crescer 35% para o Dia da Criança. O faturamento das lojas virtuais será de aproximadamente R$ 264 milhões, entre 28 de setembro e 12 de outubro, um aumento de 25,7% em comparação aos R$ 196 milhões registrados em 2006. O internauta gasta mais do que o comprador que vai às ruas. A estimativa é de que o valor médio das compras seja de R$ 300, com alta de 3% ante o registrado em 2006, quando a média era de R$ 293. Informática, games e MP4 são os itens mais procurados.

Marco Sanchotene

Fonte: Gazeta do Povo
http://www.gazetadopovo.com.br

Sobre a W2 Websites

Somos uma agência web em São Paulo - SP especializada em Criação de Sites e Hospedagem de Sites entre outros serviços.


Conheça nossos serviços

Newsletter

Cadastre seu email e receba sempre informações sobre nossa empresa.



Facebook